Criatividade é competência crucial no mercado de trabalho

Artigo

21 Julho, 2020

Criatividade é competência crucial no mercado de trabalho

Ano de 2020 e ainda existem pessoas que acreditam que a criatividade pertence apenas a uma parcela que possui mente mais sonhadora e imaginativa, ou que é uma característica de atores, músicos ou pintores, como se fosse um dom... Mas não é bem assim!

O último relatório "The Future of Jobs", publicado em 2018, pelo Fórum Econômico Mundial, em que executivos, empresários e pesquisadores do mundo inteiro são ouvidos e emitem suas opiniões sobre vários temas ligados ao futuro do trabalho, apresentou a criatividade como a terceira entre as dez competências mais valiosas para 2022. Clicando aqui, é possível conferir as outras nove.

O professor de Criatividade das marcas da Unità Educacional Tadeu Brettas destaca que a colocação ocupada pela criatividade na lista não é surpresa, já que é de conhecimento de todos que as competências socioemocionais direcionam uma boa carreira, atualmente. "As empresas estão em busca de profissionais mais completos, que possuem competências comportamentais, além das técnicas e nesse sentido, agregado ao fato de que inovar é necessário, a criatividade ganhará cada vez mais espaço", ressalta.
Brettas explica que é possível e, inclusive, necessário para um desenvolvimento de carreira, que as pessoas desenvolvam a criatividade como uma habilidade. E que isso é algo possível e até mesmo simples! "Criatividade não é necessariamente criar coisas novas mas sim colocar um novo olhar sobre coisas que já existem. Ter uma atitude de "explorador do mundo", de ser curioso, tudo isso alimenta nossa criança interior e consequentemente a criatividade", diz o especialista.

Além disso, a inclusão da disciplina de Criatividade nas escolas de negócio torna-se um primeiro grande passo já dado por algumas poucas instituições, mas que já conseguem enxergar a importância da competência para o crescimento profissional.

Vamos praticar criatividade?